Voltar
PRIME

AG6210

Normalmente o termo tensoativo não iônico, está associado à nonil fenol etoxilado ou aos álcoois etoxilados. Atualmente um outro grupo de tensoativos não iônicos, os alquilglicosídeos, tem criado um crescente interesse, não somente devido às características ambientais, mas também pelo ótimo desempenho em relação à detergência. Uma característica da classe dos alquilglicosídeos em relação aos tradicionais tensoativos não iônicos é que para estes últimos o ponto de turvação pode ser determinado, enquanto para os alquilglicosídeos, na maioria das vezes esta determinação não é possível, devido à alta solubilidade em meio aquoso. Uma das grandes vantagens dos alquilglicosídeos em relação aos tradicionais não iônicos é que, sua solubilidade em meio aquoso pouco se altera na presença de eletrólitos, mesmo que estes estejam em alta concentração. Alquilglicosídeos podem ser combinados com todos os tipos de tensoativos e frequentemente os efeitos sinérgicos podem ser melhorados. De um modo geral a linha dos alquilglicosídeos apresenta
baixo impacto ambiental, pois são considerados facilmente biodegradáveis e a toxicidade aquática é bem menor em relação aos tensoativos tradicionais.

Faça o download do material técnico

FISPQ

Nossa química

Usamos nosso laboratório para criar soluções
químicas inteligentes em equilíbrio com a sua realidade.

Para seu produto
Para seu negócio

Campos obrigatórios.

Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível. Ao continuar a navegar no site, você concorda com esse uso. Para mais informações sobre como usamos cookies, veja nossa Política de Privacidade.

Continuar